Um leitor vive mil vidas antes de morrer.
As Crônicas de Gelo e Fogo.  
E o seu abraço será a moldura do meu corpo.
Marla de Queiroz 
Carrego o peso da lua,
Três paixões mal curadas,
Um saara de páginas,
Essa infinita madrugada.
Paulo Leminski.   
Desamarra a cara, perdoa minha voz alterada, meu olhar vazio, minha rispidez. Esquece a mágoa, aceita minhas desculpas, faz as pazes com meu coração. A vida é curta para a gente guardar rancor e alimentar desilusões.
Gabito Nunes.
E substituímos expressões fatais como “não resistirei” por outras mais mansas, como “sei que vai passar”.
Caio Fernando Abreu. 
Eu gosto de você. Gosto do seu jeito de andar, seu jeito de sorrir, da sua voz, do seu cheiro, do seu cabelo. Gosto quando me irrita, quando se irrita, quando me dá ou quando me pedi carinho. E eu gosto disso sabe, dessa coisa de gostar de você.
Halyson Elric.   
Dialética

É claro que a vida é boa
E a alegria, a única indizível emoção
É claro que te acho linda
Em ti bendigo o amor das coisas simples
É claro que te amo
E tenho tudo para ser feliz

Mas acontece que eu sou triste…

Vinicius de Moraes.

Grande parte das pessoas são pedaços.
Supridores.  
Capitu comentou que meus sonhos não eram tão bonitos quanto os dela, fui obrigado a concordar, mas retruquei, sem pensar, que eram tão bonitos quanto a pessoa que sonhava.
Dom Casmurro.  
Abrindo um antigo caderno

foi que eu descobri:
Antigamente eu era eterno.

Paulo Leminsk.

Olhos fechados
Pra te encontrar
Não estou ao seu lado
Mas posso sonhar.
Os Paralamas do Sucesso.
Pois de amor andamos todos precisados, em dose tal que nos alegre, nos reumanize, nos corrija, nos dê paciência e esperança, força, capacidade de entender, perdoar, ir para a frente. Amor que seja navio, casa, coisa cintilante, que nos vacine contra o feio, o errado, o triste, o mau, o absurdo e o mais que estamos vivendo ou presenciando.
Carlos Drummond de Andrade
O que eu fui ontem e anteontem já é memória. Escada vencida degrau por degrau, mas o que eu sou neste momento é o que conta, minhas decisões valem para agora, hoje é o meu dia, nenhum outro.
Martha Medeiros.
Quando uma pessoa me pergunta “o que foi?”, eu tenho vontade de citar uma lista de pessoas que foram embora da minha vida. Mas poxa, ela só quer saber sobre meu estado emocional.
Thiara Macedo 
T